Espetáculo “O Império da Paixão em Fatias Parcimoniosas” em Irati dias 12 e 13

Espetáculo “O Império da Paixão em Fatias Parcimoniosas” em Irati dias 12 e 13


Publicado em: 08/05/2018 12:23

Whatsapp

 

Neste final de semana, a companhia curitibana de teatro Boreal faz duas apresentações do espetáculo "O Império da Paixão em Fatias Parcimoniosas" em Irati, no Centro Cultural Clube do Comércio.

A peça teatral será encenada no sábado (12) às 20h, e no domingo (13), às 19h, com entrada gratuita. Os ingressos devem ser retirados no local uma hora antes do espetáculo, sujeito à lotação do espaço.

O Centro Cultural Clube do Comércio fica na Rua 15 de Julho, 310. Informações pelo telefone 3907 3158.

Montagem é inspirada em Nelson Rodrigues

Inspirado em uma tragédia pessoal e familiar, narrada por Nelson Rodrigues em 1947, a Boreal Companhia de Teatro, de Curitiba, traz a Irati nos dias 12 e 13 de maio o espetáculo “O Império da Paixão em Fatias Parcimoniosas”. As apresentações acontecem no Centro Cultural Clube do Comércio, com ingressos gratuitos.

A origem da montagem remonta ao ano de 1944, quando Nelson Rodrigues começou a produzir romances que circularam, sob a forma de folhetim, para uma publicação chamada “O Jornal”. Com o objetivo de obter uma maior aceitação da coluna, o autor assumiu o pseudônimo de Suzana Flag e deu certo.

A publicação da coluna diária fez triplicar a vendagem do jornal. Daí até 1947 vieram mais seis colunas sob a mesma assinatura, todas publicadas com estrondoso sucesso, e dentre eles a autobiografia “Minha Vida” – inspiração do espetáculo, na qual Suzana Flag conta sua própria história de vida.

Peça segue estilo de folhetim

“Trazemos para cena uma primorosa trama rocambolesca, típica dos folhetins, mas no melhor estilo rodrigueano, transpassada por paixão, ciúme, traição, ódio, medo, vingança, loucura e crimes. A história é recheada de acontecimentos e surpresas dentro de um núcleo familiar diverso: uma filha órfã dos pais, a mãe adúltera, a avó manipuladora, as tias solteironas, e um tio imprevisível”, destaca a diretora e produtora do espetáculo, Cris Betina Schlemmer.

Em cena estão as atrizes Thyane Antunes, que é iratiense, Gilca Rigotti e Amanda Amaral – que dividem o palco e também os personagens, como explica Cris: “a dinâmica do espetáculo permite que o mesmo personagem seja encenado por um ou mais atores, sem que isso atrapalhe a compreensão do enredo”.

Grupo teatral conversará com estudantes do nível médio

O espetáculo estreou no ano 2014, em Curitiba, com a realização de 24 apresentações. Desta vez o grupo realiza uma circulação da peça em seis cidades paranaenses: Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Pato Branco, São Mateus do Sul, Irati e Castro.

Em cada uma das cidades serão realizadas duas apresentações, sempre gratuitas, totalizando ao final do projeto 12 apresentações.

O espetáculo foi viabilizado pelo Programa de Fomento e Incentivo à Cultura – PROFICE, com apoio da empresa Havan.

Em cada uma das cidades o grupo fará visitas a escolas estaduais, direcionadas aos estudantes do ensino médio que estão na fase de questionamentos sobre o seu futuro profissional. 

Em forma de bate-papo/debate será apresentada a profissão das Artes Cênicas, áreas de atuação, funções, mercado de trabalho e o papel do artista na sociedade, dando subsídio para jovens que pretendam optar por uma carreira artística, conforme sua vocação.


Desenvolvido por: