Nota Fiscal de Produtor Eletrônica será tema de reunião dia 05

Nota Fiscal de Produtor Eletrônica será tema de reunião dia 05


Publicado em: 24/08/2018 11:53

Whatsapp

 

No dia 05 de setembro, acontecerá importante reunião com os produtores de Irati para explanação e esclarecimento de dúvidas sobre a Nota Fiscal de Produtor Eletrônica (NFP-e).

Esta reunião acontecerá das 09h às 12h, no Salão Nobre do Centro Administrativo Municipal (CAM), que fica na Rua Coronel Pires, 826, ao lado da Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz.

É necessário que, pelo menos, dois representantes de cada comunidade rural de Irati se façam presentes, de forma que as explicações sejam bem assimiladas. O novo procedimento da NFE de Produção Rural passará a vigorar no Paraná a partir de janeiro de 2019, e todos os produtores que fazem operações interestaduais já deverão estar preparados para emissão eletrônica do documento. Poderão participar também da reunião quaisquer pessoas interessadas no assunto.

A promoção é da Secretaria de Agricultura de Irati, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Emater.

Mais informações pelo telefone 3132 6173.

Forma de operação e obrigatoriedade da nota serão explanados

No próximo dia 05, para este evento, virão a Irati auditores da Receita Estadual do município de União da Vitória, para explanar aos participantes vários temas relacionados à forma de operação da Nota Fiscal de Produtor Eletrônica.

Entre os aspectos abordados estarão seus mecanismos e obrigatoriedade, passo a passo de como emitir a NFP-eletrônica, importância de estar com a nota fiscal emitida corretamente (modelo de papel e a eletrônica), para não ser pego em fiscalização volante e esclarecimentos sobre em quais situações deve-se usar a Nota Fiscal de Produtor Eletrônica ou o modelo em papel.

Na oportunidade, os técnicos também darão explicações sobre a prestação de contas das notas fiscais e a importância do cadastramento dos produtores na Receita-PR.

Ao final da reunião, haverá debate aberto a perguntas e respostas. O evento é de extrema importância para todos os produtores que fazem vendas para fora do Estado do Paraná, mas podem participar demais produtores interessados, já que o novo padrão de emissão de nota é uma tendência e será estendido a todos os demais produtores, nos próximos anos.

A responsável pelo setor de Bloco de Produtor Rural de Irati, Marli Kuzma, também acrescenta importantes informações ao processo: “Tomando por exemplo o município de Ponta Grossa, é claramente perceptível que os mercados locais já preferem a nota eletrônica, porque é mais fácil para o sistema e o trabalho diário”. A profissional acredita que no momento atual, Irati teria inicialmente cerca de 350 produtores que se enquadrariam na obrigatoriedade da emissão de nota fiscal eletrônica, por comercializarem fora do Paraná. Entre os principais produtos para estes mercados estariam feijão, batata, cebola, leite e trigo.

A Secretaria de Agricultura alerta que estes produtores devem comparecer em sua sede o quanto antes para fazer o cadastro na Receita-PR, para poder obter a senha que permitirá ao produtor, em janeiro de 2019, emitir suas notas.

Quanto à questão da não disponibilidade de internet em todo o meio rural de Irati, Marli também adiantou alguns esclarecimentos. “Para poder se deslocar com sua produção, a partir do ano que vem, o produtor que comercializa em outros estados emitirá uma nota de papel dele para ele mesmo, até chegar em algum local onde haja a rede, para emitir a nota fiscal eletrônica (DANFE)”.

Estes e vários outros aspectos serão detalhados na reunião do próximo dia 05 de setembro.


Desenvolvido por: