Prefeitura e Unicentro firmam parceria para fazer Inventário Turístico do município

Prefeitura e Unicentro firmam parceria para fazer Inventário Turístico do município


Publicado em: 16/04/2018 14:22

Whatsapp

 

Prefeitura e Unicentro firmam parceria para fazer Inventário Turístico do município

Secretário Ico Andreassa, com o professor Diogo Fernandes e alunos, iniciando cadastramento de empreendimentos no municípi

Alunos de Turismo estão fazendo o cadastro dos empreendimentos em Irati para levantamento de dados, contando com o apoio do comércio

A Prefeitura de Irati, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, fez uma parceria com o curso de Turismo da Unicentro para a realização do Inventário Turístico. Nesta segunda-feira (16), os acadêmicos estão iniciando um trabalho a campo para fazer o levantamento dos empreendimentos da cidade.

Para facilitar o mapeamento e a identificação do potencial turístico do município, a Unicentro e a Prefeitura iniciaram um trabalho de coleta de informações. “Nós precisamos obter estes dados com a ajuda do comércio, principalmente, para conseguirmos levantar recursos e incentivos a esta área em nossa cidade”, justificou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luis Antonio (Ico) Andreassa.

E, para desenvolver este trabalho, a partir desta semana, alunos da Unicentro estão fazendo visitas aos empreendimentos iratienses para o preenchimento de um cadastro sobre sua empresa. “O primeiro passo é este registro para podermos melhorar e aumentar o banco de dados sobre o município. É importante que todos entendam que o mapa turístico hoje, no Brasil, é critério para a liberação de recursos. Então, quanto mais empreendimentos cadastrados, maior é a chance de liberação de recursos”, explica o professor da Unicentro, Diogo Fernandes.

Neste primeiro momento, esta ação será realizada na área urbana da cidade. “Nós sempre tivemos dificuldades em trabalhar este projeto na área rural, mas com o apoio e parceria da Prefeitura, ficará mais fácil agora”, diz Fernandes. Posteriormente, este processo de cadastramento será feito também no interior com o objetivo de cadastrar o maior número possível de empreendimentos.

Empresários devem colaborar com pesquisa

A Prefeitura e a Unicentro esclarecem que estas visitas não possuem cunho de fiscalização, pois os dados servirão para atualizar as condições do município com base nos empreendimentos. “Nestas situações de pedidos de informações, muitos ficam receosos, mas pedimos que todos colaborem com este trabalho, pois não temos o objetivo de fiscalizar, mas somente colher o que é importante para o mapeamento do município”, enfatiza Andreassa.

“Nestas visitas serão solicitadas informações como CNPJ, nome de registro, nome fantasia, número de funcionários, ramo de atividades e mais alguns dados específicos de cada seguimento”, adianta o professor. Os alunos foram orientados a levar um computador para fazer o cadastro junto com o empresário para agilizar o processo.

Após cadastro, iniciam estudos dos produtos turísticos

De acordo com a especificação do mapeamento pelo Ministério do Turismo, Irati está na categoria C, no que diz respeito ao número de habitantes, infraestrutura logística e empreendimentos turísticos. “Depois, com os dados finalizados, podemos elaborar produtos turísticos e pensarmos em como fazer o turismo funcionar de forma mais efetiva na cidade”, ressalta Fernandes. A universidade poderá indicar a formatação destes produtos, pois segundo ele, o turista hoje chega em Irati e vai embora sem ter um produto específico e, por isso, este material se faz necessário.

Texto e foto: Assessoria

 


Desenvolvido por: