Apresentação do Plano Diretor de Drenagem Urbana de Irati - PR

Plano Diretor de Drenagem Urbana é apresentado em Audiência Pública

Ferramenta será importante para tomada de ações contra efeitos de enchentes e alagamentos

 

IMPORTANTE: no rodapé desta página, você poderá fazer download de diversos documentos técnicos a respeito do Plano.

 

Na noite de 06/05/2019, realizou-se na Câmara Municipal uma Audiência Pública para apresentação do Plano Diretor de Drenagem Urbana de Irati. Com este plano, a administração municipal poderá dispor de elementos técnicos para, por meio de medidas estruturais e não estruturais, reduzir os impactos de alagamentos e enchentes - problemas que assolam a população iratiense desde a década de 1930. Trata-se de um importante instrumento de planejamento, que vem se somar ao Plano Diretor Municipal.

Para o prefeito Jorge Derbli, a elaboração do Plano Diretor de Drenagem Urbana é uma das maiores contribuições que sua gestão implementou ao município. “Um dos principais compromissos que um gestor público assume, quando se elege, é o de agir para melhorar a qualidade de vida da população. Este problema das enchentes é histórico em Irati, e atinge muitas pessoas, em diferentes bairros e em praticamente todas as classes sociais. Por isso, fizemos deste plano uma das prioridades da administração, e sinto que contribuímos de verdade para uma evolução no nosso quadro urbano, que será percebida ainda ao longo de muitos anos pela frente”, pontuou Derbli, acrescentando um agradecimento aos servidores e ex-servidores da Prefeitura, entre concursados e comissionados, que tornaram possível a realização do plano.

Os recursos para a elaboração do Plano Diretor de Drenagem Urbana foram destinados ao município de Irati por meio de emenda parlamentar da deputada federal Leandre Dal Ponte, a qual se fez presente na Audiência Pública. “Eu vejo que este plano é realmente muito importante, principalmente depois de termos vivenciado em 2014 aquelas fortes chuvas que alagaram o centro da cidade, trazendo transtornos e prejuízos a praticamente todos os moradores de Irati. A partir dos estudos feitos neste plano, a administração municipal poderá agir com muito mais efetividade na redução dos impactos causados pelas forças da natureza, contra a qual muitas vezes nos vemos impotentes. Fico muito feliz em ter contribuído para a elaboração desta ferramenta, que vai dar subsídios ao município não só para o presente, mas também para o futuro”, ressaltou Leandre.

O Plano Diretor de Drenagem Urbana de Irati foi elaborado pela empresa vencedora de Licitação, Ferma Engenharia, que pertence ao grupo Envex Engenharia e Consultoria. O coordenador deste projeto, André Luciano Malheiros, apresentou o plano à população. “Este plano, além de trazer benefícios no planejamento de ações para reduzir o impacto das enchentes, vem de encontro a uma nova forma de fazer políticas públicas: de uma maneira integrada, planejada e pensada dentro da cidade, e que não depende de uma gestão de apenas quatro anos. Então, a atual equipe administrativa é muito feliz de pensar no seu município para muito além do seu tempo de governo”, opinou Malheiros.

Para a servidora Rozenilda Romaniw, que esteve conduzindo os trabalhos da Audiência Pública, o plano é um investimento necessário para reduzir as deficiências na drenagem urbana em Irati. “Ao ser implementado, deverá promover uma mudança substancial sobre a cidade, no planejamento urbano e na ocupação do solo. Certamente, a aplicação deste instrumento vai ser um dos grandes desafios dos agentes públicos daqui para frente. Mas, é preciso lembrar que nenhum resultado se faz sem esforço, coragem, perseverança e uma certa dose de ousadia", indicou Rozenilda.

Adriano Batista, que responde pela Secretaria Municipal de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo, pondera que Irati possui um relevo desfavorável. “O município tem um solo propenso à erosão, e historicamente é suscetível a enchentes, inundações, enxurradas e alagamentos. Desde o início da gestão iniciada em 2017, houve a preocupação na redução da probabilidade de que chuvas torrenciais ocasionem este problemas", relembra Batista, citando como exemplos: a grande obra do Canal Hídrico do Arroio dos Pereiras na região central da cidade para aumentar a vazão hidráulica na região da Rua Carlos Thoms e da Rua Dr. Munhoz da Rocha, a limpeza de encostas de material assoreado de boa parte do Rio das Antas e no arroio Nhapindazal, a construção de novos bueiros e tubulações em pontos estratégicos de situações críticas na Rua Edgar Távora, Rua Marechal Floriano, Rua Miguel Bay, Rua Santa Bertila, manutenções diversas de limpeza, dentre outras obras localizadas em diversos bairros.

O secretário municipal de Planejamento e Coordenação, João Antônio Almeida Junior, destaca a importância da participação popular no processo de implementação do plano. "A conscientização da população, no que se refere aos sistemas de drenagem urbana do município de Irati, deve ser estimulada, no intuito de que a sociedade como um todo esteja envolvida nas ações de minimização dos impactos causados por inundações e enchentes em Irati", ainda citando: "eu não sou um fundamentalista do meio ambiente, mas me sinto na obrigação de proteger o manancial do Nhapindazal, pois nessa bacia é captada a água utilizada para consumo de toda a nossa cidade”, apontou Almeida.

A servidora Susimara Chimenka de Souza, que atua na Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação, citou: “a audiência pública de apresentação do Plano Diretor de Drenagem Urbana foi o momento ideal para interagir com a população sobre as ações da prefeitura em relação ao Planejamento Urbano, em face aos eventos chuvosos ocorridos nos últimos anos. É um momento de troca em que expomos, com transparência, as ações do poder público", falou Susimara.

Na audiência pública, estiveram presentes o Capitão Jorge Augusto Ramos e a Tenente Carla Adriana Prado Spak Sobol, representando o Corpo de Bombeiros de Irati. Marcaram presença também o ex-secretário de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo, Dagoberto Waydzik, além do vereador e 1º Secretário da Câmara Municipal de Irati, José Bodnar, o qual atuou durante muitos anos como engenheiro civil concursado da Prefeitura de Irati, sendo ambos personagens de fundamental importância na concretização do Plano Diretor de Drenagem Urbana. Acompanharam a apresentação também os vereadores Alberto Schereda, Rogério Luís Kuhn e Roni Surek, bem como representantes da imprensa, Observatório Social, membros do Concidade, representantes da comissão de acompanhamento, integrantes da equipe Técnica Municipal, engenheiros de Irati e população em geral.

Abaixo, você poderá fazer donwload de diversos documentos referentes ao Plano: